Chamada para seleção de bolsistas – Projetos Gestão Participativa em Manguezais Fluminenses e Mudanças Climáticas

Estamos com inscrições abertas para a seleção de bolsistas nos projetos executados pela CONFREM em parceria com o Instituto Marés, NEMA, UFF e LAGOM: ‘Gestão Participativa’ e ‘Mudanças Climáticas’.

No projeto “Desenvolvimento de ações para a gestão participativa visando a conservação dos manguezais e o fortalecimento das comunidades pesqueiras do estado do Rio de Janeiro” – Gestão Participativa –  , pretende-se desenvolver estudos de análise espaço-temporal dos níveis de conservação, contaminação, vetores de pressão e conflitos socioambientais visando a construção de estratégias para ações de gestão participativa e fortalecimento da comunidade pesqueira em manguezais da costa fluminense

As bolsas desse projeto destinam-se a estudantes de graduação e mestrado com enfoque na análise da contaminação. 

No projeto “Conservação e resiliência socioambiental dos manguezais com fortalecimento das comunidades pesqueiras frente às mudanças climáticas” – Mudanças Climáticas -, pretende-se avaliar a resiliência dos manguezais do estado do Rio de Janeiro frente às mudanças climáticas, desenvolver ferramentas com as comunidades pesqueiras para o enfrentamento a tais mudanças e avaliar as políticas públicas disponíveis para esse enfrentamento.

A bolsa desse projeto destina-se a estudantes de graduação com enfoque em sensoriamento remoto. 

As inscrições estão abertas até o dia 15/09/2021 e devem ser feitas pelo seguinte formulário: https://forms.gle/vbFVojf6tpbz6ric7 

Confira o nosso edital em: http://institutomares.org.br/novo/assets/Edital_Chamada_bolsistas.docx.pdf

“A realização do projeto “Desenvolvimento de ações para a gestão participativa visando a conservação dos manguezais e o fortalecimento das comunidades pesqueiras do estado do Rio de Janeiro” e do projeto “Conservação e resiliência socioambiental dos manguezais com fortalecimento das comunidades pesqueiras frente às mudanças climáticas”  é uma medida compensatória estabelecida pelo Termo de Ajustamento de Conduta de responsabilidade da empresa PetroRio, conduzido pelo Ministério Público Federal – MPF/RJ”

Deixar uma Resposta